quinta-feira, 9 de junho de 2011

Recado ao Anônimo

Caro "Anônimo" que deixou três comentários...

a) na foto ao lado não estou adorando nada nem ninguém ou ser algum. Se você interpreta o sinal como uma referência ao diabo, o problema é seu. Não adoro diabo algum, quero é distância dele. Minha fé em Deus é minha, ninguém tasca e muito maior do que o ser que você citou. E teus pensamentos preconceituosos não têm efeito por estas bandas. Seu radicalismo religioso - melhor, apenas radicalismo, pois religião não deveria ser preconceituosa - é desnecessário e não é bem-vindo neste blog.

b) não admito as insinuações sobre a pessoa que citei no post anterior. Você tem alguma prova sobre a doença dela? Se você é assim tão crítico, tão conhecedor das coisas, por qual motivo se apresenta anonimamente. Ok, se você não tem um perfil no Blogger, o que te obriga a assinar como "Anônimo", ao menos indique seu nome. Aí sim, você ganha o direito de dialogar.

c) me reservo o direito de não publicar teus comentários, mas os matenho guardado para quem desejar ler.

2 comentários:

Anônimo disse...

lamento muito pelo falecimeto da patricia, lembro muito dela na rbs, gostaria de saber se ela tinha filhos,que ela agora esteja ao lado papai do céu. obrigada

Gilliane Rossi disse...

Nem vi o recado que o ANONIMO deixou nem procurei saber tambem, so pelo que voce diz, ja dá pra entender.Algum idiota deixou em meu blog tambem, num determinado texto, que meus sofrimentos tinham relaçao com a falta de Deus em mim. E nada mais idiota do que atribuir à falta de Deus quando alguém sofre, quando alguém sente dor, quando alguém passa por dificuldades, quando alguém descobre um tumor no cérebro, quando se nasce um filho com deficiência. Até PARECE que Jesus não morreu crucificado; que Maria não o viu sofrer, morrer e ter sido sepultado, que os discípulos tiveram mortes horrendas, que o profeta Isaias não fora serrado ao meio, que o profeta Jeremias fora jogado numa fossa e ficou com merda até o pescoço, que os amigos de Daniel não fora jogado aos leões, que seus amigos não foram jogados na fornalha ardente, que a sogra de Pedro teve febre, que as guerras mataram milhares de cristãos, que Roma perseguiu e matou outros milhares… pela lógica da frase, tudo isto é Falta de Deus… é? Não me diga que não tenho Deus em mim, por não acompanhar as missas de domingo, por não fingir quando falo minha opinião onde não concordo só pra agradar. Que a oportunidade de ser uma médica me foi abandonado no caminho por decidir criar meus filhos...Eu não ter o nível superior não tem nada de eu não ter Deus comigo. E se não o tivesse comigo, como seria minha vida? Se a que vivo me é tão plenamente maravilhosa? Sou de opinião que podemos contribuir humanamente com a transformação da sociedade sem pertencer diretamente a alguma classe aética. Possuo minha irreverência e meu espírito critico. Acho que isso basta. Alem do mais, não sou analfabeta, já passei por 3 cursos superiores incompletos e domino toda a linguagem em libras. Não tenho curso superior ainda (à sua altura) mas já li Marx, Engels, Hegel, Sartre, Platao, Sade, Super homem, Mad, Gramsci,Gore Vital, Gide, Zola, Thomas Man, turma da Monica, e por ai vai. E a respeito do que penso sobre a opinião publica, ela é tirana e débil se comparada ao que penso a respeito de mim mesma. Mas a reação é necessária, que deve ter como ponto de partida a inteligência. E não se esqueça que este mundo no qual vivemos foi feito; logo, pode ser desfeito. Parabens pela resposta ao indigesto. Pessoas assim, é que sao as responsaveis por este mundo nao evoluir. Beijos