sábado, 17 de janeiro de 2009

Em nome da vida e da arte

Após o primeiro dia de viagem pelo Norte do Estado, quando fui cobrir as visitas oficiais do Secretário de Estado da Educação, Paulo Bauer, aos novos prefeitos de Joinville, Carlito Merss (PT), e Jaraguá do Sul, Cecília Konell (DEM), tive um encontro inesperado com o pintor espanhol Antonio Mir.

Estávamos eu, o motorista Roberto e o assessor Jeferson Fonseca matando a fome após a viagem entre Florianópolis e a fervente Joinville - 38 graus é dose para fritar o vivente. Na outra mesa, Bauer jantava com a filha e o genro, todos degustando caranguejos. Logo depois, ao nosso lado, um cidadão falante chegou apoiado por um andador e uma senhora que, horas mais tarde, eu descobriria ser uma enfermeira.

Foto: Alessandro Bonassoli

Superação: Mir (à direita) vai combatendo a doença em nome da vida e da arte

Era Antonio Mir, pintor espanhol que veio morar no Brasil, mais precisamente em Joinville, aos 8 anos de idade. Contador de histórias e sempre alegre, o artista não demonstra ter enfrentado o maior desafio dos seus 58 anos de idade. Internado no início do ano passado em um hospital por causa de uma divirticulite (perfuração dos intestinos), ele encarou quatro longos meses em uma cama, sendo 58 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De junho de 2008 até agora, correm longos dias de fisioterapia e dedicação à vida. "Vou voltar para a Espanha em breve, tenho muito trabalho para terminar", nos disse. Refere-se à casa e o ateliê em Múrcia, onde irá concluir uma série de painéis que vinha produzindo para a empresa Bunge.

Depois de painéis instalados na sede da multinacional, no município de Gaspar, e em unidades de Nova York e Barcelona, Mir não vê a hora de completar o trabalho, com obras para as unidades de Genebra e Buenos Aires. Em 2008, foram 12 cirurgias. Desgaste e dor que poucos teriam coragem e força para superar. Um pouco mais sobre esta história-exemplo está em uma reportagem que o colega Rodrigo Schwarz escreveu para o jornal A Notícia, neste link.

Um brinde à Antonio Mir!

3 comentários:

Lúcio N. disse...

bonassa,tamo aí de cara e endereço novos no bom e velho bagaceira... se puder atualizar o link, agradeço:


www.bagaceirablog.wordpress.com

abraciones

Aline Cabral Vaz disse...

Oi Magoo, que legal esse encontro...e como está a vida de funcionário público. Não é mole, não, né? beijo!

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com