terça-feira, 16 de outubro de 2007

Tão longe, tão perto

Há muito tempo eu não falo sobre meu time. Na versão anterior do blog isso já não vinha acontecendo. E a situação vai perdurar.

Me recuso a falar sobre esta fase irritante do Internacional. Depois de um ano mágico, com a conquista da Libertadores e do Mundial FIFA, fora o título nacional que nos foi roubado, o clube atravessa um período desgastante e constrangedor. Vivemos a terrível frase "tão longe, tão perto". Tanto do rebaixamento quando da classificação para a Copa Sul-Americana. E pensar que deveria ser "tão perto do título nacional".

[Ouvindo: Malteze - Too Late - Álbum: Count Your Blessings]

Um comentário:

Dogman disse...

Meu querido xará, futebol e mulheres nunca serão assuntos que devas omitir do blog, apesar de eu também sentir falta dos teus posts sobre música.
O colorado está por baixo num ano e por cima no outro, é normal. Pior é o meu Corinthians, que desde a compra do título de 2005 está sempre por baixo. Sete palmos abaixo, pra ser mais exato. Um abraço e parabéns pelo novo formato!