sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Candidatos esquecidos

Faltam pouco mais de 32 horas para o primeiro turno das eleições em Florianópolis. Há praticamente dois meses acompanho os sete candidatos que disputam a prefeitura da capital catarinense. E, neste tempo, entre todos, somente um lembrou que jornalista também é eleitor.

Apenas Esperidião Amin (PP) me pediu voto. Ele e a mulher, a deputada federal e ex-prefeita Angela Amin. Creio que os demais, na correria para conquistar a população, não lembraram de fazer campanha justamente junto aos jornalistas, que estão quase que diariamente acompanhando seus passos e atos.

Obviamente, não vou revelar qual destas pessoas vai receber o meu voto. Quem me conhece, provavelmente, até desconfie. Só espero não me arrepender, como sempre aconteceu desde a primeira vez em que desfrutei meu direito de escolher nossos representantes, no já distante 1989.

3 comentários:

Dogman disse...

Também votei pela primeira vez em 1989.
E desde aquela época nunca vi nada tão engraçado quanto o Mário Motta apresentar o César Souza Jr. como o candidato do "DEMO" no debate da RBS.
Foi um ato falho impagável.

Angela disse...

Tenho a idéia (ou será preconceito?) de que jornalistas (especialmente os que cobrem política) e os servidores da Câmara de Vereadores são os que têm melhores condições de avaliar os candidatos, porque os viu sem máscaras. Por isso, para ambos (servidores da CMF e jornalistas), não costumo pedir o voto, por pudor até. De toda forma, saiba que, pelo teu trabalho e por quem és, seria uma honra receber um voto teu.
Saudações fraternas,
Angela Albino

Silmara disse...

Amore...uma pena que tal pessoa ñ foi para o segundo turno aí...mas acho que da próxima ela vai :-) agora aqui em jundiaí, o m. haddad se reelege pela 3ªvez!! Um dos caras mais ricos do estado de SP...e o resultado já era esperado, uma pena(não posso reclamar muito pq vc sabe do meu voto).Espero que haja um "bom" segundo turno, ou melhor...seja um resultado favorável...vamos ver!