segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Fogo "amigo" II

Quem conhece um pouco da política de Florianópolis e passou hoje à tarde pelo Café Badesc e viu a cena abaixo pode ter se assustado. De um lado da mesa, a candidata do PCdoB, Angela Albino. No outro, o deputado estadual Edison Andrino, ex-prefeito de Florianópolis e emedebista histórico. Ou seja, integrante do partido do candidato Dário Berger.

Quem conhece um pouco mais da política de Florianópolis não se assustaria. É público e notório o fato de que Andrino não engole Berger. Isso desde que o atual prefeito da cidade migrou do PSDB para o PMDB, ano passado, à revelia do parlamentar, que presidia a sigla à época. Andrino tem aversão ao assunto e já me disse um bom número de vezes que nada tem contra o alcaide da Capital.

Foto: Luis Prates/Divulgação

Sessão da tarde: segundo turno no cardápio?

A conversa entre Andrino e Angela vai render muitas especulações. Ninguém confirma nada, mas a imagem é forte. Não se pode deixar de considerar que a candidata do PCdoB poderia estar articulando apoios para um eventual segundo turno. O resultado do Ibope, que a deixou tecnicamente empatada com Cesar Souza Junior (DEM), mesmo que em terceiro lugar, reavivou o ânimo da militância da comunista.

Claro, eles poderiam alegar que o assunto era meramente a campanha de Tiago Andrino, filho do deputado, que é da mesma sigla da vereadora. :)

2 comentários:

Cesar disse...

Hehehe. No dia 23 de setembro registrei, no meu blog, a resposta que o Andrino deu, uns dias antes, quando lhe perguntei sobre seu candidato: "não tenho candidato... mas talvez tenha candidata."

Marco Antonio Zanfra disse...

Até agora não consegui definir meu candidato, mas já defini o anticandidato: César Souza Júnior acha que vai direto para o segundo turno, sem passar pelo primeiro, mas eu espero que ele amargue no mínimo um quarto lugar. Se for para perder para uma gata como a Ângela, melhor ainda. O que eu não admito é que alguém do PFL, o pote onde cabem todos os ranços, venha falar do "novo".